Seguidores

quinta-feira, 15 de setembro de 2016

GORDO OU FELIZ, EIS A QUESTÃO.

Existe algo mais triste e desolador, do que você ter a sorte de nascer, ou ser gordo, nesse nosso país?
E pobre então!
Eu particularmente até agora não vi coisa pior, como você é criticado, até parece que ser gordo, e ainda pobre é um crime.
As pessoas te olham torto, e geralmente se te conhece um pouquinho, vem com uma porção de perguntas, e ás vezes eles mesmo respondem o que você deve fazer para emagrecer.
Roupas para gordos? Dificilmente são encontradas, e se você é pobre então!
As roupas são de doer de tão horríveis, são calça e bermudas de gorgorão, ou moletom, e geralmente tão feia que nos sentimos pior quando vestimos, e as camisetas regatas?
Só por Deus!
Aí vocês me dizem, tem sim roupas elegantes para gordos, e eu te responde, é obvio que existe, mas dependo se você pode comprar, por que os preços meus queridos, é do nosso tamanho enorme!!!!
 Na televisão e na internet, eu vejo roupas lindas para gordinhas, mas vai você tentar comprar, além de ser cara, dificilmente você consegue encontrar uma loja que você se quer, possa entrar, e se encontra você prefere só olhar, por que jamais terá dinheiro para comprar uma boa quantidade.
É como diz o ditado, se ficar o bicho pega, e se comprar terá que passar fome para conseguir pagar suas contas, portanto continue sendo obrigada a escutar alguém lhe dizer o que fazer para emagrecer, é triste, e ao mesmo tempo desagradável.
Já nos sentimos mal por sermos gordos, mas receber criticas, ninguém merece.
Uma linda mulher outro dia me disse, mas ela, além, de ser jovem e linda, não é gorda, a mesma acabou de ganhar nenê e já estar em forma, quer dizer faz dois meses.
Eu muito curiosa perguntei.
Como você conseguiu em tão pouco tempo já está tão bem?
E ela, fazendo dieta, e falou o que andava comendo, aí acrescentou ou você é magro, ou feliz.
Eu ri e respondi.
Você quer dizer infeliz, não existe gordo feliz, na verdade essa é a realidade, ninguém pode ser feliz estando acima do peso, o pior, é que os gordinhos não todos, mas existem alguns que não comem tanto, e ainda assim engordam.
Aí vem a teoria, é que você come errado, eu não acredito que seja isso, eu conheço e convivo com pessoas magras que comem bastante e continuam lindos perfeito, eu acredito, que como o gordo, preto, branco, e o sarará, enfim, cada um é como tem que ser.
É igual você ir, em um Ônibus lotado, a acontece um acidente, morrem uns vinte e dez sobrevivem, é que não era sua hora.
Mesmo assim é você ser, ou não gordo, não depende de você querer, ou não, eu acredito que Deus nos fez assim, e não para sermos todos iguais, já pensou se todos nós fossemos magrinhos, ou gordinhos?
As pessoas, todos sem exceção deveriam respeitar uns aos outros e guardar sua opinião para se, já existe tanta desigualdade no mundo, para que se preocupar, e ficar olhando e opinando sobre as aparências dos outros, cada um é como tem que ser, e não são vocês, com suas críticas destrutivas que farão alguém mudar.   
 E é obvio!
Seria muito bem-vinda a sua ajuda, então se você pode e quer ajudar, o leve a um bom médico Endocrinologista, por que o tratamento, ou regime para quem é gordo são iguais as roupas, bem salgados.
 Eu por exemplo, não gostaria de se ser gorda mais eu sou, então devo me matar?
Portanto, não tem como ser diferente, se eu nasci para ser gorda, quer dizer nem sempre, mas os imbecis só me viram depois de eu engordar, são tantas críticas, falta de respeito de pessoas sem noção que incomoda.
É engraçado, se você é magro demais, e se não é modelo também lhe criticam, claro bem menos, na verdade, todos nós somos um pouco, preconceituosos, mas de coração guarde para você sua opinião, não der conselho, nem ensine nada, viva sua vida que assim você já está fazendo muito.
E se você pode ajudar mesmo, opine, e leve a pessoa em questão a um médico de rico, ou no SPA, mas não julgue, não ria, não critique nem o ensine como comer.
Eu não sei se vocês sabem, mas a maioria dos Brasileiros não tem se quer, o que comer, imagina comida e médicos, para fazer uma refeição balanceada.
Sabem o que nós o povo deveríamos aprender?
 Respeitar, viver nossa vida e deixar o povo, seja bonito feio, gordo magro, preto branco, viver, não der opinião nem conselhos, por que se esses itens fossem válidos, você os vendia.
Os médicos nesses casos, nem ensinar corretamente o que você deve fazer, e fazem se você paga bem, o SUS nem sonhando, e eu lhe falo, se um pobre, nem direito a um bom médico tem, imaginem um Endocrinologista, pensem nisso.
Na verdade, existem sim, pessoas para se meter, dar palpito errados, mas ajudar mesmo, são poucos, como eu queria ser diferente, primeiro ter nascido não digo rica, mas que eu pudesse viver num mundo sem preconceito, por que eu morro dizendo o preconceito maior é com o pobre.
Uma sugestão, ao invés de vocês ficarem querendo que um gordo emagreça, tentem mudar o foco, e ajude a quem tem fome, não com sua opinião, e sim, fazendo campanhas e manifesto em favor da fome e da miséria.
Por gentileza, faça algo útil, e deixe de olhar a vida de quem já não suporta mais opiniões, e milagres mirabolantes para se manter em forma.
 TENHO O DITO. 


Joana D'arc Nunes de Araújo Alves Ferreira.

Nenhum comentário: